Sabe o que que eu quero Mário Alberto?

Sabe o que que eu quero Mário Alberto? Eu quero mensagem bonita do nada, mas não aquelas de sempre, cheias de pomposidades, daquelas com um “vi uma matéria no jornal, não tinha nada a ver com você, mas eu te amo tanto que lembrei de ti mesmo assim”. Quero ligação sem eu pedir, quero uma flor daquelas que você pega no meio da rua, só porque achou bonita e lembrou de mim.

Eu quero sms de eu te amo no meio da noite, não importa quão ridículo e brega isso pode ser. Quero um “nossa, como você tá linda” quando eu não passo maquiagem, mesmo que não seja verdade. Quero uma visita de terça feira. Quero assistir filme de quarta no cinema, só porque é mais barato e comer pipoca no com três litros de manteiga. Quero sair na sexta a noite pra tomar café, quero piada sobre a pança do cara no ponto de ônibus.

Sabe o que mais eu quero? Quero braço passado no ombro, quero pergunta de como foi o meu dia, quero resposta quando eu perguntar a mesma coisa. Quero que me conte segredo, quero que ria das minhas piadas. Quero um “queria cuidar de você, me desculpe por estar longe”, e quem sabe as vezes um “estou indo ai na sua casa pra cuidar da sua febre, calma que eu já chego!”. Eu não quero “você consegue”, “não desiste” ou sei lá, “você que sabe”. NINGUÉM quer “você que sabe”, é o cúmulo do desleixo e da falta de importância.

Quando eu falo “não quero ir no médico”, não é ‘você que sabe’, é ‘você vai sim! não vai morrer e me deixar aqui’. Quando eu digo que vou desistir do violão, não é ‘você que sabe’, é ‘toca uma última pra mim, eu adoro o som da sua voz’. Eu faço doce, todo mundo faz, é natural do ser humano. Quando eu falar “deixa pra lá”, por favor, por tudo que é mais sagrado nessa vida de meu Deus, NÃO deixa.

Eu não quero presentes, apesar de até gostar deles porque é com isso que tenta me agradar, é uma espécie de consideração. Mas eu devolveria todos sem pensar duas vezes, por uma visita de segunda que se estendesse até sexta.

Eu quero te exibir pros meus amigos, mostrar como o seu sorriso é lindo, mostrar como suas covinhas são sexys, como seus olhos de veludo tem o poder de hipnotizar qualquer um que tente lê-los. Quero ter tempo de te amar, de te fazer cócegas, de brigar com você sem ficar pensando em “engole essa raiva porque só tem mais duas horas do lado dele”.

 

Quero você sem pressa, sem desespero e assim eu não precisaria de mais nada.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s